fbpx

Milton Nascimento: do Clube da Esquina para o mundo

Milton Nascimento nasceu em Escorpião (RJ), em 1942, mas cresceu em Três Pontes (MG). Em 1963, ele se mudou para Belo Horizonte, onde conheceu Lô Borges. Dos encontros na esquina das ruas Divinópolis com Paraisópolis, em Belo Horizonte, nascia o  ‘Clube da Esquina’. Além deles, também faziam parte do grupo Beto Guedes, Toninho Horta, Wagner Tiso e Flávio Venturini. Com as apresentações em clubes e festivais Milton conheceu Elis Regina. Estavam seladas então uma amizade e a parceria que foi responsável pelo seu primeiro sucesso: a  ‘Canção do Sal’, interpretada por Elis Regina em 1966. A partir de então, foi do Clube da Esquina para o mundo.

A grande chance, entretanto, veio em 1967, quando um amigo inscreveu três composições de Milton no I Festival Internacional de Música Popular do Rio de Janeiro. A partir do reconhecimento no festival, ele passou a ser chamado então para parcerias com diversos artistas. Com isso, não demorou para gravar seus dois primeiros álbuns ‘Travessia’ e ‘Milton Nascimento’ que o estabeleceram como um novo talento no país. O Brasil se rendia ao seu poderoso tom vocal. Uma de suas mais famosas canções, ‘Coração de Estudante’, se tornou o hino da campanha político-social de “Diretas Já”, pela redemocratização do Brasil, em 1984. Tal música foi composta em homenagem ao estudante Edson Luís, morto por policiais em 1968. 

Do Clube da Esquina para o mundo

Já o reconhecimento internacional veio de seus trabalhos com o Clube de Esquina. Em 1974, Milton gravou com o saxofonista de jazz Wayne Shorter que resultou no álbum ‘Native Dancer’ lançado no ano seguinte. A parceria projetou o cantor no mercado estadunidense . O trabalho Milton Nascimento no disco foi muito bem recebido pela classe artística. Então surgiram novas parcerias com Paul Simon, Cat Stevens, George Duke, Quincy Jones e muitos outros. Em 1993 Milton compôs em parceria com o grupo britânico Duran Duran a música ‘Breath After Breath’. Ele se apresentou com a banda em show da turnê no Brasil.  

Conhecido pela densidade emocional e tom político em muitas de suas composições, Milton gravou o álbum “Missa dos Quilombos”, em 1982. A obra abordou a história da escravidão no Brasil. Em 1983, o cantor participou do projeto “O Grande Circo Místico”. O espetáculo reuniu  intérpretes da MPB e rodou por dois anos em turnê pelo Brasil. Milton interpretou a canção “Beatriz”, composta pela dupla Chico Buarque e Edu Lobo

Homenagens

Milton já foi indicado duas vezes ao Grammy, em 1992 por “O Planeta Azul na Estrada do Sol”, e em 1995, por “Angelus”. Ele também venceu as votações de Críticos Internacionais de Down Beat de 1992 e de Leitores de Down Beat de 1991. Além disso, em 2010 foi o homenageado do Festival Internacional de Corais (FIC) de Belo Horizonte, onde mais de mil vozes cantaram uma composição de Fernando Brant e Leonardo Cunha “A Voz Coral” feita especialmente para o ele. 

Cinco anos mais tarde, em 2015, foi convidado pela Berklee College of Music para ser o homenageado do ano na formatura dos graduandos de 2016 e receber o título de Doutor Honoris Causa daquela instituição, por sua vasta contribuição à música. Em 2016, a escola de samba Tom Maior fez de Milton seu enredo para o desfile de 2016 com tema: Travessias de Milton Nascimento, em homenagem aos seus 50 anos de carreira. 

Causas 

Milton Nascimento se dedica também em colaborar com entidades dedicadas a causas humanitárias e ambientais. Nos últimos anos, vem fazendo parcerias com o Instituto Sócio-Ambiental e o Grupo Ponto de Partida, com quem apresentou o espetáculo “Ser Minas Tão Gerais” junto ao grupo “Meninos de Araçuaí” que nasceu do trabalho do CPCD. Além disso, ele tem uma parceria com a coreógrafa Cristina Castro e o grupo Viladança, do Teatro Vila Velha, em Salvador. Juntos, realizam um trabalho de inclusão social pela arte. Como resultado desse trabalho foi lançado o espetáculo “Aroeira – com quantos nós se faz uma árvore”.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Cadastre-se e assista a 4 aulas gratuitas exclusivas

Fechar Menu

APRENDA COM UMA DAS VOZES MAIS ACLAMADAS DA MÚSICA BRASILEIRA

Liberamos gratuitamente 4 aulas do curso para você viver esta experiência

Deixe aqui seus dados para ter acesso às 4 aulas gratuitas

  • Seus dados estão seguros